dans le leela des mondes infinis
des liens se tissent entre les fils de moi-même
pour la seule joie de me retrouver
dans le regard des gens qui s'aiment
 

yvan amar

_______________________________________________________

 

 

pedimos a deus que nos perdoe todos os passos em falso bem como as audácias por onde se possa ter aventurado a nossa pluma

que nos perdoe se as nossas palavras não são conformes aos nossos actos

perdão pelos pensamentos que nos terão impulsionado a buscar a afectação e o estilo rebuscado no que escrevemos, numas quantas frases que compusemos, na ciência que nos atrevemos a ensinar

pedimos-lhe que nos conceda, a nós e a vós, comunidade de irmãos, a graça de agirmos em conformidade com a nossa visão e de aspirar pela obtenção do seu contentamento

ibn-al-arif

les beautés des sessions